Iêmen: o desafio de prestar assistência humanitária

Todos os dias, mais vítimas continuam surgindo como resultado do conflito no Iêmen. Elas precisam de cuidados e Médicos Sem Fronteiras é uma das poucas organizações que está presente no país para atendê-las. A destruição dos aeroportos obstrui a chegada de ajuda humanitária e a insegurança por conta dos ataques frequentes, que não poupam civis nem instalações de saúde, tornam o trabalho cada vez mais difícil. Assista e compartilhe o vídeo para que essa crise não seja esquecida.

Partilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print